Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Só piloto de Boeing 777 poderia ter sido responsável pelo sumiço do MH370, diz especialista

© AP Photo / Lucas MariePedaço da asa do Boeing 777 da Malaysia Airlines encontrado na ilha La Réunion.
Pedaço da asa do Boeing 777 da Malaysia Airlines encontrado na ilha La Réunion. - Sputnik Brasil
Nos siga no
O comentador e especialista em aeronáutica britânico David Learmount analisou o desaparecimento do Boeing 777 do voo MH370 da Malaysia Airlines.

Segundo o especialista, o desvio do avião de seu trajeto original só poderia ter sido efetuado por uma pessoa com muitos conhecimentos sobre o Boeing 777.

"Quem fez isso era uma pessoa muito qualificada, bem treinada no funcionamento do 777", disse Learmount em um documentário do canal de TV British Channel 5.

Embora o comentador não acuse o piloto Zaharine Ahmad Shah de ter cometido suicídio dessa forma, anteriormente esta hipótese foi levantada por outros especialistas.

Segundo eles, Shah poderia ter criado uma situação para que seu copiloto saísse da cabine de pilotagem. Logo depois, Shah poderia ter trancado a porta.

Em seguida, a hipótese considera que o piloto teria conduzido a aeronave em direção ao oceano Índico até o combustível chegar ao fim, causando a queda do avião. Dias antes do voo, Shah teria simulado um voo semelhante ao MH370 que terminou com a queda da aeronave no Índico, de acordo com investigadores.

Mistério

O voo MH370 da Malaysia Airlines desapareceu dos radares em 8 de março de 2014 entre os espaços aéreos da Malásia e do Vietnã 40 minutos após decolar de Kuala-Lumpur, Malásia. A aeronave Boeing 777 tinha como destino a capital chinesa Pequim.

Até hoje os investigadores não chegaram a nenhuma conclusão definitiva sobre o caso.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала