Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Reservas de ouro chinesas crescem quase 100 toneladas

Nos siga no
China aumentou suas reservas de ouro em 99 toneladas em meio a guerra comercial com os Estados Unidos, apesar da desvalorização do yuan.

O país já vinha aumentando suas reservas como medida de segurança econômico-financeira ao longo deste ano. Em meados de agosto, o país havia restringido sua compra de ouro após sua moeda ter atingido os menores patamares nos últimos 11 anos.

Mesmo assim, a China ultimamente registrou aumento de 99 toneladas em suas reservas. No total o país passou de 2.042 toneladas de ouro em 2018 para 2.141 toneladas no final de agosto. Isso significa que a China possui cerca de US$ 3,1 trilhões (cerca de R$ 12,6 trilhões) em ouro, publicou o NY Times.

A compra do ouro trouxe uma maior saída de dólares da China. A administração financeira do país ainda se preocupa com as incertezas no mercado provocadas pela guerra comercial com os Estados Unidos.

Estratégia arriscada

Assim sendo, a compra de ouro é uma estratégia que possui seus riscos, uma vez que há saída de divisa estrangeira do país. Por outro lado, o acúmulo de ouro teria como objetivo combater a hegemonia da moeda americana no mundo financeiro.

Atualmente, China e Rússia se tornaram os maiores compradores desse metal no mundo. Caso a tendência continue, ambos os países tendem a ocupar novas posições no ranking das maiores reservas de ouro do mundo.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала