Empresas de tecnologia se reúnem com inteligência dos EUA para discutirem eleições de 2020

Nos siga noTelegram
Várias empresas de tecnologia, incluindo Facebook, Google, Alphabet, Microsoft e Twitter, se reuniram com representantes do governo dos EUA nesta quarta-feira (4) para discutir estratégias de segurança relacionadas às eleições de 2020, informou o Facebook em comunicado.

As equipes de segurança das empresas se reuniram com representantes do Gabinete do Diretor de Inteligência Nacional e do Departamento de Segurança Interna na sede do Facebook em Menlo Park, Califórnia. As informações foram publicadas em uma reportagem da Agência Reuters.

"O objetivo era aproveitar as discussões anteriores e fortalecer ainda mais a colaboração estratégica em relação à segurança das eleições estaduais, federal e presidencial dos EUA em 2020", disse Nathaniel Gleicher, chefe de política de segurança cibernética do Facebook em comunicado.

"Especificamente, os participantes conversaram sobre como a indústria e o governo poderiam melhorar a maneira como compartilhamos informações e coordenamos nossa resposta para detectar e impedir melhor as ameaças".

As empresas de mídia social estão sob pressão para aumentar a segurança depois do que as agências de inteligência dos EUA alegaram que houve influência cibernética russa que visava ajudar o presidente Donald Trump a ser eleito em 2016. A Rússia negou repetidamente as alegações e nada foi provado até o momento.

"Este é um esforço conjunto em resposta a uma ameaça compartilhada, e estamos comprometidos em fazer nossa parte", disse uma porta-voz do Twitter em comunicado.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала