Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Bolsonaro afirma que dará indulto a policiais envolvidos em massacres como Carandiru e Eldorado dos Carajás

© REUTERS / Adriano MachadoPresidente Jair Bolsonaro participa de conferência em Brasília, 21 de agosto de 2019
Presidente Jair Bolsonaro participa de conferência em Brasília, 21 de agosto de 2019 - Sputnik Brasil
Nos siga no
O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), comentou no sábado (31) que pretente dar indulto a policiais envolvidos em casos como os massacres do Carandiru e Eldorado dos Carajás, além do sequestro do ônibus 174.

Segundo publicou o jornal O Estado de São Paulo, Bolsonaro fez as afirmações durante almoço com jornalistas.

O presidente brasileiro teria afirmado que dará indulto a todos que se enquadram na medida e que está solicitando às polícias dos estados uma lista de nomes e as justificativas.

O jornal relata que Bolsonaro foi questionado sobre estender ou não o indulto a oficiais da polícia. O presidente respondeu que sim.

"Se o comandante do Carandiru [coronel Ubiratan Guimarães] estivesse vivo, eu dava indulto pra ele também", disse, segundo o jornal.

O massacre de Eldorado dos Carajás aconteceu em 1996, quando um protesto de sem-terras foi reprimido pela polícia militar do Pará. Os policiais mataram 19 manifestantes e mais de 60 pessoas ficaram feridas.

Já o caso do Carandiru teve ainda mais repercussão na imprensa após, em 1992, uma rebelião em presídio de São Paulo. Na ocasião, a Polícia Militar de São Paulo matou pelo menos 111 pessoas.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала