- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Bolsonaro critica Lei das Fake News: 'um clique vai ser mais grave que um teco'

Nos siga noTelegram
O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, criticou neste sábado as penas mais duras para responsáveis por fake news durante as eleições.

Esta semana, o Congresso Nacional derrubou o veto de Bolsonaro à lei que pune fake news e provocou mal-estar no governo.

"Abriu a brecha pra todo mundo agora ser processado. Eu vetei, sou a maior vítima de fake news e não me preocupei com isso. A pessoa extravasa ali, não dou bola pra isso não, toca o barco. Agora qual o limite? Como vai saber se é fake news ou não? É para apavorar o povo", disse o presidente ao deixar o Palácio da Alvorada na manhã deste sábado, citado pela Agência Brasil.

O veto presidencial da Lei 13.834/2019, que atualiza o Código Eleitoral, ocorreu ainda no mês de junho.

Após a decisão do Congresso, a pena para quem divulgar notícias falsas com objetivo eleitoral será de dois a oito anos de reclusão, quando estiver comprovado que o acusado sabia da inocência do alvo da notícia falsa.

O veto de Bolsonaro foi derrubado por 326 deputados e 48 senadores.

"Um clique vai ser mais grave que um teco", declarou o chefe de Estado neste sábado aos jornalistas.

"Se matar alguém você pode ser condenado a pena menor do que dar um clique, às vezes de madrugada, reproduzindo uma matéria", acrescentou o presidente.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала