EUA pedem à China por fim de suposta opressão aos uigures, em Xinjiang

© AP Photo / Alex BrandonSecretá de Estado americano, Mike Pompeo, falando sobre o Irã
Secretá de Estado americano, Mike Pompeo, falando sobre o Irã - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A China deve encerrar supostas prisões em massa e encarceramentos de uigures na China, disse o secretário de Estado norte-americano Mike Pompeo nesta sexta-feira (30).

O comentário foi feito pelo secretário de Estado dos EUA em sua conta oficial no Twitter.

A China continua sua campanha de detenção em massa de uigures em Xinjiang, incluindo relatos verossímeis sobre desaparecimento forçado. Renovo meu apelo à China para que acabe com essas táticas opressivas que violam as normas internacionais e suas próprias leis

As autoridades do governo chinês já solicitaram que várias mesquitas na China removessem suas cúpulas e as substituíssem por construções comumente usadas na arquitetura de templo hindu ou budista. 

O aumento da vigilância e acusações de prisões em massa tiveram início logo após relatos de violência, em 2009, entre as comunidades uigures muçulmanas e chinesas han em Xinjiang, um território autônomo na região noroeste da China.

O governo, chinês, no entanto, nega as acusações de violações de direitos e alega que as detenções na região se tratam de campos de reeducação. A realidade é denunciada pela ONU e gera preocupação na comunidade internacional.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала