Ao infinito e além: imagens de agosto do Universo

Nos siga noTelegram
Fotos feitas durante o mês de agosto a partir do espaço. As imagens revelam fenômenos incríveis que acontecem no Universo.

Com ajuda do telescópio espacial da NASA Hubble, podemos ver imagens inéditas do espaço afora. Em uma delas, foi registrada a fusão de duas galáxias na constelação de Aries. Embora o fenômeno não seja raro, ele é rico em beleza. Milhões de estrelas e uma nuvem de poeira cósmica são vistas na foto.

Além disso, a Sputnik selecionou para você um conjunto de fotos que mostram a "face" do nosso planeta Terra.

© Sputnik / RoscosmosRobô humanóide Skybot F-850 (Fyodor) saúda os russos a bordo da espaçonave Soyuz MS-14 no Dia da Bandeira da Rússia.
Robô humanóide Skybot F-850 (Fyodor) - Sputnik Brasil
1/15
Robô humanóide Skybot F-850 (Fyodor) saúda os russos a bordo da espaçonave Soyuz MS-14 no Dia da Bandeira da Rússia.
© Sputnik / Sergei Mamontov / Abrir o banco de imagensLançamento do foguete portador Soyuz-2.1a com a nave Soyuz MS-14 a partir do cosmódromo de Baikonur.
Lançamento do foguete portador Soyuz-2.1a com a nave Soyuz MS-14 (imagem referencial) - Sputnik Brasil
2/15
Lançamento do foguete portador Soyuz-2.1a com a nave Soyuz MS-14 a partir do cosmódromo de Baikonur.
© Foto / ESA/Hubble & NASA, R. Wade et al.Névoa planetária NGC 2371 na constelação de Gêmeos.
Névoa planetária NGC 2371 na constelação de Gêmeos - Sputnik Brasil
3/15
Névoa planetária NGC 2371 na constelação de Gêmeos.
© Foto / NASA/JPL-Caltech/MSSSAmostras de barro descobertas pelo rover Curiosity nas encostas do Monte Sharp, em Marte.
Amostras de barro descobertas pelo rover Curiosity nas encostas do Monte Sharp, em Marte - Sputnik Brasil
4/15
Amostras de barro descobertas pelo rover Curiosity nas encostas do Monte Sharp, em Marte.
© Foto / Javier MantecaEstação Espacial Internacional no momento em que passa pelo Sol.
Estação Espacial Internacional no momento em que passa pelo Sol - Sputnik Brasil
5/15
Estação Espacial Internacional no momento em que passa pelo Sol.
© Foto / ESA / Hubble, NASA / A. EvansDuas galáxias repletas de estrelas. Suas forças gravitacionais as atraem em um processo de fusão. Durante o fenômeno, suas formas se alteram. Entre elas é possível ver uma tênue ponte de gases, poeira e estrelas, ao mesmo tempo em que, durante a fusão, material cósmico é jogado para fora. A fusão de galáxias é um evento costumeiro. Daqui a quatro bilhões de anos, a nossa Via Láctea irá passar pelo mesmo processo com a galáxia de Andrômeda.
Duas galáxias em fusão na constelação de Aires - Sputnik Brasil
6/15
Duas galáxias repletas de estrelas. Suas forças gravitacionais as atraem em um processo de fusão. Durante o fenômeno, suas formas se alteram. Entre elas é possível ver uma tênue ponte de gases, poeira e estrelas, ao mesmo tempo em que, durante a fusão, material cósmico é jogado para fora. A fusão de galáxias é um evento costumeiro. Daqui a quatro bilhões de anos, a nossa Via Láctea irá passar pelo mesmo processo com a galáxia de Andrômeda.
CC BY 3.0 / NASA/JPL-Caltech/SwRI/MSSS / Kevin M. Gill / Grande mancha vermelha de Júpiter avistada pela sonda da Juno da NASA.
Grande mancha vermelha de Júpiter avistada pela sonda da Juno da NASA - Sputnik Brasil
7/15
Grande mancha vermelha de Júpiter avistada pela sonda da Juno da NASA.
© Foto / Nasa / Christina H. KochEspaçonave SpaceX Dragon vislumbra paisagem das Montanhas Rochosas do Canadá depois de um mês acoplada à Estação Espacial Internacional.
Espaçonave SpaceX Dragon vislumbra paisagem das Montanhas Rochosas do Canadá - Sputnik Brasil
8/15
Espaçonave SpaceX Dragon vislumbra paisagem das Montanhas Rochosas do Canadá depois de um mês acoplada à Estação Espacial Internacional.
© Foto / ESA/Hubble & NASA, R. WadeEmbora se pareça com um microrganismo visto a partir de um microscópio, este objeto redondo é chamado de NGC 2022 e se trata de uma grande esfera de gases no espaço com uma estrela no meio.
Esfera de gases NGC2022 na constelação de Órion - Sputnik Brasil
9/15
Embora se pareça com um microrganismo visto a partir de um microscópio, este objeto redondo é chamado de NGC 2022 e se trata de uma grande esfera de gases no espaço com uma estrela no meio.
© Foto / ESA/NASA - L.ParmitanoA Terra vista a partir da Estação Espacial Internacional. A imagem foi tirada pelo astronauta Luca Parmitano.
Terra vista a partir da Estação Espacial Internacional - Sputnik Brasil
10/15
A Terra vista a partir da Estação Espacial Internacional. A imagem foi tirada pelo astronauta Luca Parmitano.
© REUTERS / ESA/Hubble & NASA, A. Filippenko, R. JansenA galáxia NHC 3432 olha diretamente para o nosso ponto de vista na Terra. Seus braços espirais estão, assim como seu centro, escondidos. Vemos a galáxia em formato de faixa assim como poeira cósmica e diversos pontos de luz muito brilhantes. As regiões de formação de estrelas são as zonas rosadas. A galáxia está localizada na constelação Pequeno Leão. Além de ser vista pelo telescópio Hubble da NASA, a NGC 3432 pode ser observada por outros telescópios.
Galáxia NGC 3432 na constelação de Pequeno Leão  - Sputnik Brasil
11/15
A galáxia NHC 3432 olha diretamente para o nosso ponto de vista na Terra. Seus braços espirais estão, assim como seu centro, escondidos. Vemos a galáxia em formato de faixa assim como poeira cósmica e diversos pontos de luz muito brilhantes. As regiões de formação de estrelas são as zonas rosadas. A galáxia está localizada na constelação Pequeno Leão. Além de ser vista pelo telescópio Hubble da NASA, a NGC 3432 pode ser observada por outros telescópios.
© Foto / ESA/Luca ParmitanoA "pele" da Terra. África é vista da Estação Espacial Internacional.
A pele da Terra. África é vista da Estação Espacial Internacional - Sputnik Brasil
12/15
A "pele" da Terra. África é vista da Estação Espacial Internacional.
© Sputnik / Vitaly Timkiv / Abrir o banco de imagensCéu cheio de estrelas durante passagem de chuva de meteoros Perseidas. Foto tirada a partir da região russa de Krasnodar.
Céu cheio de estrelas durante passagem de chuva de meteoros Perseidas - Sputnik Brasil
13/15
Céu cheio de estrelas durante passagem de chuva de meteoros Perseidas. Foto tirada a partir da região russa de Krasnodar.
14/15
O Sol.
© Foto / ESA/NASA - L.ParmitanoIlhas Maldivas vistas da Estação Espacial Internacional. Atóis como este estão ameaçados pelo grande volume de CO2 liberado na atmosfera.
Ilhas Maldivas vistas da Estação Espacial Internacional - Sputnik Brasil
15/15
Ilhas Maldivas vistas da Estação Espacial Internacional. Atóis como este estão ameaçados pelo grande volume de CO2 liberado na atmosfera.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала