Exército alemão tem dificuldade em fornecer botas aos militares, prolongando prazo até 2022

© AP Photo / Matthias SchraderSoldados da Bundeswehr, Forças Armadas da Alemanha (arquivo)
Soldados da Bundeswehr, Forças Armadas da Alemanha (arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As Forças Armadas da Alemanha estão aparentemente passando por dificuldades com o fornecimento de calçado novo às tropas, revela o Ministério da Defesa do país.

As culpas pela falha de cumprimento do prazo de entregas foram atribuídas à indústria ineficaz. Respondendo ao inquérito parlamentar, o ministério informou que o pedido para fornecer aos soldados dois pares de botas de combate pesadas e um par de botas de combate leves foi afetado devido "à limitada capacidade de produção na indústria".

O programa de fornecimento foi lançado em 2016 e devia ter sido inteiramente implementado até 2020. Porém, isto não irá acontecer, sendo que o prazo foi alterado para meados de 2022, informou o ministério em resposta ao Partido Democrático Liberal, escreve Der Tagesspiegel.

Até agora, cerca de 160 mil militares dos 183 mil receberam um par de botas de combate pesadas, mas ainda lhes faltam os outros dois pares. Os 31 mil militares que tiveram mais sorte receberam um par de botas leves.

Ao ser questionada quantos militares tinham o conjunto completo, a porta-voz do Ministério da Defesa disse ao jornal alemão que "apenas alguns" têm neste momento os três pares de botas, todavia não especificando o número exato.

A tentativa do governo de atribuir as culpas à indústria sobrecarregada não foi bem recebida por parte da deputada Strack-Zimmermann, do Partido Democrático Liberal, que não poupou nas palavras ao denunciar o atraso embaraçoso.

"Parece absurdo que [este processo] de equipar as tropas todas com calçado novo demore oito anos. Afinal de contas, isto não é uma questão de moda, mas sim uma questão de segurança. Imagine bombeiros apagando fogos de chinelos". 

Em janeiro, o inspetor-geral militar Eberhard Zorn disse que ao Exército da Alemanha iria faltar muito provavelmente o armamento e equipamento necessário pelo menos até 2031.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала