Reino Unido, França e Alemanha condenam testes balísticos da Coreia do Norte

© AP Photo / Ahn Young-joonLíder da Coreia do Norte, Kim Jong-um, em um programa de notícias na televisão transmitido na Coreia do Sul
Líder da Coreia do Norte, Kim Jong-um, em um programa de notícias na televisão transmitido na Coreia do Sul  - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Três importantes aliados dos EUA estão condenando os "repetidos lançamentos provocativos" de mísseis balísticos pela Coreia do Norte que violam as resoluções do Conselho de Segurança da ONU que proíbem essa atividade.

O Reino Unido, França e Alemanha emitiram uma declaração conjunta nesta terça-feira (27) após uma discussão no Conselho de Segurança da ONU feita com a chefe de Assuntos Políticos da ONU, Rosemary DiCarlo. 

A reunião foi um pedido dos três países após os testes de Pyongyang.

As três nações pediram à Coreia do Norte que "se envolvea em negociações significativas com os EUA", conforme o agendado entre o presidente dos EUA, Donald Trump, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, em 30 de junho. O comunicado afirma que esse é "o único caminho" para garantir a segurança na península coreana.

O texto dos três países também diz que "as sanções internacionais devem permanecer em vigor e serem cumpridas de forma completa e rigorosa até que os programas nucleares e de mísseis balísticos da Coreia do Norte sejam desmantelados".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала