- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Trump elogia Bolsonaro pelo trabalho de combate aos incêndios na Amazônia

© AP Photo / Evan Vucci Bolsonaro e Trump na Casa Branca.
Bolsonaro e Trump na Casa Branca. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente dos Estados Unidos Donald Trump elogiou o presidente do Brasil nesta terça-feira (27) ao dizer que ele está fazendo um ótimo trabalho no combate aos incêndios na região da Amazônia.

Em uma declaração feita pelo Twitter, Trump disse que o Brasil e Bolsonaro têm todo o apoio dos Estados Unidos.

"Eu pude conhecer o presidente Jair Bolsonaro bem durante nossas reunião com o Brasil. Ele está trabalhando duro nos incêndios na Amazônia e está fazendo um grande trabalho para o povo brasileiro. Ele e o país têm o apoio total e completo dos EUA"

O presidente brasileiro respondeu a declaração de Trump, agradeceu ao presidente dos EUA e disse que "a campanha de fake news fabricada contra nossa soberania não prosperará".

​Bolsonaro disse mais cedo que conversou com Donald Trump e outros líderes do G7 para que levassem "serenidade" sobre a situação da Amazônia para o encontro.

"Agradecemos o trabalho do G7, conversei com alguns presidentes, entre eles o Donald Trump, com dois outros presidentes que participaram como convidados, como do Chile e da Espanha, para que exatamente acalmasse, levasse a serenidade para uma reunião tão importante que é a do G7", disse Bolsonaro.

O apoio de Trump ocorre no mesmo dia em que Bolsonaro respondeu ao presidente da França Emmanuel Macron e sugeriu que o francês tem interesses econômicos na floresta e busca reviver o comportamento colonialista da França.

“Pessoas com o pensamento como o senhor Macron, ele deve pensar duas, três vezes, antes de querer sair de uma situação complicada que se encontra, uma rejeição enorme no seu país, até mesmo, cerrando conosco. Ninguém é contra aqui dialogar com a França, em hipótese alguma", acrescentou Bolsonaro.

Bolsonaro disse que o Brasil só aceitaria a ajuda de 20 milhões de euros doados pelo G7 para auxiliar o Brasil no combate às queimadas se Macron retirasse os "insultos" contra ele.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала