Morte brilhante: Hubble capta imagem de estrela moribunda

Nos siga noTelegram
O telescópio espacial Hubble conseguiu captar a foto de uma estrela moribunda similar ao Sol no espaço sombrio em meio à constelação de Gemini.

Inicialmente, os cientistas consideraram que se tratava de dois objetos que formam uma nebulosa planetária, segundo informa a NASA.

A imagem corresponde a uma estrela similar ao Sol, identificada como NGC 2371-2, que atingiu o final de seu ciclo de vida. A estrela está liberando o material que a constitui, espalhando-o para o espaço.

Durante este processo, o objeto deixa visível apenas um remanescente estelar superaquecido, como uma estrela brilhante no centro da imagem.

Segundo o relatório da agência, a estrutura desse local é complexa. A área está cheia de densos nós de gás e rajadas rápidas de movimento que parecem mudar de direção ao longo do tempo. Também é caracterizada pela presença de nuvens de material em expansão, que fluem para fora em lados opostos da estrela remanescente.

As manchas da imagem brilham quando a estrela moribunda emite radiação de energia que ativa o gás na área e faz com que ela se ilumine.

Especialistas dizem que esse fenômeno continuará mudando durante os próximos milhares de anos, até que o corpo celeste esfrie, escureça e se torne em uma anã branca.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала