Guerra comercial EUA-China derruba bolsas asiáticas

© AP Photo / Ng Han GuanBolsa de Valores de Pequim
Bolsa de Valores de Pequim - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os mercados acionários asiáticos em Tóquio e Hong Kong caíram nesta segunda-feira de manhã em meio à escalada da guerra comercial entre os Estados Unidos e a China.

A partir das 02.00 GMT, o principal índice japonês Nikkei 225, que reflete o desempenho de 225 das principais empresas japonesas, caiu 2,33 por cento, de sexta-feira e fechou em 20.228,50.

No mesmo período , o índice Hang Seng, principal índice da bolsa de Hong Kong, caiu 3,44 por cento, para 25.280.

Na sexta-feira, o presidente dos EUA, Donald Trump, disse que Washington aumentaria as tarifas sobre produtos no valor de US$ 250 bilhões de 25% para 30% no dia 1 de outubro. Além disso, um outro pacote contempla o aumento de tarifas para 15%, contra os 10% anteriores, sobre diferentes tipos de mercadorias chinesas que somam US$ 300 bilhões a partir de 1 de setembro.

No mesmo dia, a China retaliou criando tarifas entre 5% a 10% que serão aplicadas sobre um total de US$ 75 bilhões em mercadorias norte-americanas, sendo que algumas entrariam em vigor em 1 de setembro e outras no dia 25 de dezembro. A media chinesa afetará petróleo, automóveis e soja norte-americanos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала