Jornal revela quantia que EUA estariam dispostos a pagar pela Groenlândia

© AP Photo / NORDFOTOIcebergs gigantes em fiorde em Narsaq, sul da Groenlândia
Icebergs gigantes em fiorde em Narsaq, sul da Groenlândia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A administração dos EUA discutiu a possibilidade de oferecer um acordo para a Dinamarca, que consiste no pagamento anual e vitalício de US$ 600 milhões para Groenlândia, informou o jornal The Washington Post, citando oficiais sêniores.

De acordo com oficiais sêniores administrativos, que preferiram manter anonimato, o valor foi determinado com base no subsídio que Copenhague paga anualmente à ilha autônoma.

Foi discutido também o oferecimento de uma grande quantia de dinheiro, que seria dado de uma só vez, para incentivar Dinamarca a transferir o território.

Na semana passada, a mídia noticiou o interesse de Trump em comprar a maior ilha do mundo, que faz parte da Dinamarca e possui grande autonomia.

Em particular, foi dada atenção especial à expansão militar norte-americana no Ártico como um dos motivos do desejo de Trump de comprar a Groenlândia. O próprio presidente dos EUA confirmou ter interesse "estratégico" na compra.

Reação da Dinamarca

O Ministério das Relações Exteriores da Groenlândia declarou que a ilha está aberta "para negócios, mas não para venda", políticos dinamarqueses ficaram indignados com os planos de Trump, e a primeira-ministra dinamarquesa Mette Fredericksen tratou como absurda a ideia do presidente americano.

Depois disso, Trump adiou a reunião com Fredericksen, que deveria ocorrer no início de setembro. O Ministério das Relações Exteriores da Dinamarca considerou o adiamento um desrespeito à rainha que convidou o presidente dos EUA ao país.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала