Pentágono investe US$ 200 milhões em navios de guerra de EUA e aliados

© REUTERS / Peter FoleyO destróier de mísseis guiados norte-americano Nitze (foto de arquivo)
O destróier de mísseis guiados norte-americano Nitze (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Raytheon venceu um acordo para reformar navios de guerra da Marinha para os Estados Unidos, Reino Unido e Arábia Saudita, informou o Departamento de Defesa dos EUA, em comunicado à imprensa.

"A Raytheon Missile Systems [de] Tucson, Arizona, recebeu um contrato de US$ 199.591.538 com contrato de preço fixo para atualizações, conversões, revisões e hardware associado do MK 15 CIWS", afirmou o comunicado nesta sexta-feira (16).

O contrato apresenta compras para os governos dos EUA, Reino Unido e da Arábia Saudita.

O CIWS é uma terminal de defesa de de reação rápida contra ameaças de mísseis anti-navio que manobram em baixa e alta velocidade e que penetram em todas as outras defesas, explicou o Departamento de Defesa.

A sistema Falange CIWS opera um canhão Vulcan de 20 mm guiado por radar e a Marinha dos EUA o utiliza na maioria de suas classes de navios de combate de superfície.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала