Surgem evidências da 'devastação e destruição' da conquista de Israel pela Babilônia (FOTOS)

© Sputnik / Aleksei Danichev / Abrir o banco de imagensEscavação arqueológica (imagem referencial)
Escavação arqueológica (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Pesquisadores revelaram artefatos de 2.600 anos, incluindo pontas de flecha e joias de ouro no Monte Sião, em Israel, que podem ser evidências da conquista babilônica.

Os pesquisadores da Universidade da Carolina do Norte, nos EUA, foram os responsáveis pela escavação no Monte Sião, revelando provas contundentes da conquista babilônica da cidade entre 587 e 586 a.C.

Eles teriam encontrado pontas de flecha e camadas de cinzas de combustão, além de fragmentos de cerâmica, lâmpadas, joias de ouro, prata e outros materiais da Idade do Ferro.

Anteriormente, uma equipe de escavação havia encontrado vestígios da Primeira Cruzada na região, o que motivou os pesquisadores a continuarem com as escavações, já que depósitos materiais babilônicos e hebraicos nunca tinham sido encontrados.

© Foto / Mt Zion Archaeological Expedition/Rafi LewisJoia de ouro e prata encontrada durante escavação em Israel.
Joia de ouro e prata encontrada durante escavação em Israel - Sputnik Brasil
1/2
Joia de ouro e prata encontrada durante escavação em Israel.
© Foto / Mt Zion Archaeological Expedition/Virginia WithersPonta de flecha encontrada durante escavação em Israel.
Ponta de flecha encontrada durante escavação em Israel - Sputnik Brasil
2/2
Ponta de flecha encontrada durante escavação em Israel.
1/2
Joia de ouro e prata encontrada durante escavação em Israel.
2/2
Ponta de flecha encontrada durante escavação em Israel.

Além das evidências mencionadas acima, há também evidências do cerco criado pela Babilônia contra a cidade, cita o tabloide Daily Mail.

"Nós sabemos onde a antiga fortificação existiu", ressaltou Gibson, reforçando a hipótese dos pesquisadores contra explicações anteriores à descoberta.

O material encontrado seria explicado pela guerra que ocorreu nas fronteiras de Jerusalém.

A descoberta é de grande relevância para a história levantina, que considera que a vitória sobre os babilônios foi um marco da formação israelense.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала