Venezuela pede que ONU investigue incidentes envolvendo aviões espiões dos EUA

© AFP 2022 / US AIR FORCEEsta foto sem data da Força Aérea dos EUA mostra um avião espião U-2 que deve ser usado pelos EUA na guerra contra o terrorismo.
Esta foto sem data da Força Aérea dos EUA mostra um avião espião U-2 que deve ser usado pelos EUA na guerra contra o terrorismo. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O governo da Venezuela enviou uma carta ao Conselho de Segurança da ONU pedindo a investigação de incidentes envolvendo aviões espiões e navais norte-americanos no espaço aéreo e marítimo da Venezuela.

"Nessa carta, relatamos como o governo dos EUA está provocando incidentes militares na Venezuela enviando aviões de espionagem para a região de informação de voo sem qualquer aviso", disse o representante venezuelano país na ONU, Samuel Moncada, a repórteres nesta terça-feira (6).

​ALERTA: Hoje, mais uma vez, aviões espiões dos EUA ingressam indevidamente na Região de Informação de Voo de baixo controle de nosso país, violando a segurança aeronáutica e os tratados internacionais. EUA continuam em franca ofensa à nossa pátria e ao mundo. Respeitem este povo que, junto com a Força Armada Nacional Bolivariana, quer paz

O diplomata destacou que o Comando Sul dos EUA enviou aviões pelo espaço aéreo da Venezuela 55 vezes.

O diplomata também acusou os Estados Unidos de "mostrarem músculos contra a Venezuela enviando meios militares" para as águas territoriais do país.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала