EUA impõem sanções a altos oficiais venezuelanos

© REUTERS / Miraflores Palace/Handout via ReutersPresidente Maduro cumprimenta Gustavo Gonzalez em Caracas no dia 9 de março de 2015
Presidente Maduro cumprimenta Gustavo Gonzalez em Caracas no dia 9 de março de 2015 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, anunciou que seu país aplicou sanções contra dois oficiais venezuelanos de alto escalão.

Sanções foram aplicadas a dois altos funcionários da segurança do país caribenho. O primeiro é Rafael Enrique Bastardo Mendoza, comandante das Forças de Ações Especiais (FAES). O segundo é Iván Rafael Hernández Dala, chefe da Direção-Geral da Contrainteligência Militar (DGCIM). Ambos foram acusados de estarem envolvidos em graves violações dos direitos humanos.

As sanções são impostas logo após o presidente Trump declarar que cogita empregar um bloqueio contra a Venezuela.

Anteriormente, aeronaves militares dos EUA foram detectadas voando na região de informação de voo da Venezuela sem prévio aviso, de acordo com major-general venezuelano.

As relações entre os dois países se deterioraram nos últimos meses. Desde que Maduro tomou posse de seu segundo mandato, o país está vivendo ondas de protesto e enfrentando dura crise econômica. O presidente da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, se proclamou presidente interino com o apoio de países europeus, EUA, Brasil e muitos outros, enquanto Rússia, Turquia, Irã, China e outros consideram Maduro o único presidente legítimo do país.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала