França precisa de tempo para aprovar acordo com o Mercosul, diz chanceler

© Sputnik / Kirill Kallinikov / Abrir o banco de imagensJean-Yves Le Drian, ministro das Relações Exteriores da França
Jean-Yves Le Drian, ministro das Relações Exteriores da França - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ministro francês das Relações Exteriores, Jean-Yves Le Drian, disse em Brasília que seu país levará tempo para ratificar o acordo de livre comércio recentemente alcançado pela União Europeia e o Mercosul (Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai).

"Reconhecemos o enorme potencial econômico que este acordo representa para as empresas francesas; ao mesmo tempo, temos que ter o tempo necessário para realizar, de nossa parte, uma avaliação nacional completa, que nos permita estabelecer a posição das autoridades francesas", Le Drian disse em entrevista coletiva depois de se encontrar com seu par brasileiro Ernesto Araújo, segundo o jornal O Globo.

Le Drian citou três pontos importantes para o governo francês ao analisar o acordo: a implementação dos compromissos do Acordo de Paris contra as mudanças climáticas, o respeito pelos padrões ambientais e de saúde e a proteção dos setores agrícolas franceses mais sensíveis. às importações do bloco sul-americano.

O chanceler francês comemorou que o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, optou por manter seu país dentro do Acordo de Paris, após dúvidas que expressou em diversas ocasiões.

"As decisões que tomamos nesse acordo são obrigatórias para todos nós, o que é muito significativo", disse Le Drian.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала