Legisladora dos EUA diz que imigração transformará o país na América Latina

Nos siga noTelegram
Uma legisladora veterana do Arizona teve que se desculpar após seus comentários sobre imigração serem criticados.

O Phoenix New Times postou áudio de um discurso de 15 de julho durante o qual a senadora estadual Sylvia Allen disse que uma enxurrada de imigração e baixas taxas de natalidade entre os brancos em meio a uma falta de assimilação cultural significa que "vamos nos parecer muito rapidamente com os países sul-americanos".

A republicana de Snowflake, Arizona, que é branca, também disse que os EUA tem que regular a imigração para que o país possa fornecer empregos, educação, saúde e outras necessidades.

"Não podemos fornecer isso se as pessoas estão apenas nos inundando e sobrecarregando-nos", disse ela.

Wendy Rogers, uma republicana candidata à cadeira de Allen, divulgou um comunicado classificando os comentários de Allen como "muito racistas".

O Comitê de Campanha Legislativa do Arizona em comunicado comparou os comentários aos do ex-congressista do Arizona David Stringer. Em junho de 2018, o republicano de Prescott disse que "não há crianças brancas suficientes por aí" nos Estados Unidos e chamou a imigração de "uma ameaça existencial".

Allen pediu desculpas no Facebook a "qualquer um que tenha sido ferido por suas palavras". Mas ela disse que seus comentários sobre as taxas de imigração e nascimento foram amplamente baseados em pesquisas de um respeitado demógrafo.

"Infelizmente, a imigração se tornou uma questão controversa em nosso país", disse.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала