Everest subterrâneo: China perfura poço de petróleo mais profundo da Ásia de quase 9 mil metros

© Sputnik / Boris Babanov / Abrir o banco de imagensPoço de petróleo
Poço de petróleo  - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A perfuração demorou mais de um ano devido à estrutura geológica complexa e às altas temperaturas do local.

China terminou nesta quinta-feira (25) a perfuração do poço de petróleo mais profundo da Ásia, com 8.882 metros de profundidade. A empresa PetroChina, o maior produtor de hidrocarbonetos do país, foi a responsável pelo projeto, informa a agência de notícias Xinhua.

"Basicamente, perfuramos o monte Everest, mas debaixo da Terra", destacou Qiu Bin, o responsável da divisão de exploração. O Everest é a montanha mais alta do planeta, com 8.848 metros, localizada na cordilheira do Himalaia.

O poço de petróleo Luntan Uno se localiza no campo petrolífero de Tarim, no nordeste da China, e bateu o recorde de 8.588 metros estabelecido pela empresa Sinopec Group em fevereiro de 2019. A perfuração demorou mais de um ano devido à estrutura geológica complexa e às altas temperaturas no local.

Liderança mundial

O campo petrolífero de Tarim é o maior da China e um dos mais complicados de explorar devido às difíceis condições do terreno circundante.

De acordo com a empresa, este marco comprova que sua tecnologia de perfuração de poços ultraprofundos alcançou o patamar de liderança mundial.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала