Francês cai à agua tentado atravessar canal da Mancha em prancha voadora inventada

Nos siga noTelegram
Na quinta-feira (25), o inventor francês Franky Zapata tentou atravessar o canal da Mancha no seu flyboard, mas falhou e caiu à água depois de perder a plataforma voadora.

O desafio foi dedicado ao 110º aniversário do primeiro voo de Louis Blériot através do canal da Mancha em 1909 em um avião.

"Criámos uma nova forma de voar. Não usamos asas. Você é como um pássaro, é o seu corpo que está voando. É um sonho de infância", disse Zapata aos repórteres antes do voo.

O homem de 40 anos começou sua jornada na praia de Sangatte, perto de Calais, por volta das 9:00 da manhã, hora local (4:00, horário do Brasil).

​Ele esperava atravessar o canal voando a uma velocidade de 140 quilômetros por hora, a uma altura de 15-20 metros acima da superfície da água. Na sua parte mais estreita, o canal, que separa a norte da França do Reino Unido, tem 33 km.

A invenção de Zapata é do tamanho de um skate com cinco pequenos motores movidos a querosene que são mantidos na mochila.
Zapata já havia chegado às manchetes em 14 de julho, quando voou em seu flyboard sobre os Campos Elíseos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала