EUA impõem novas sanções relacionadas com Venezuela

© Sputnik / Maksim Blinov / Abrir o banco de imagensBandeira dos EUA
Bandeira dos EUA - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Departamento do Tesouro dos EUA anunciou nesta quinta-feira (25) novas sanções contra a Venezuela, desta vez contra indivíduos e empresas supostamente ligadas à importação de alimentos.

Na lista publicada no site do Departamento do Tesouro estão incluídas 10 pessoas, incluindo filhos da primeira-dama da Venezuela Cilia Flores e 13 entidades nos Emirados Árabes Unidos, Turquia e outros países, informou o Departamento do Tesouro dos EUA

Os ativos e contas desses indivíduos e empresas foram bloqueados e os cidadãos dos EUA estão proibidos de efetuar qualquer transação comercial com eles.

"O Tesouro está visando aqueles que estão por trás dos sofisticados esquemas de corrupção de Maduro, bem como a rede global de empresas-fantasma que lucram com o programa de distribuição de alimentos controlado pelos militares do antigo regime", disse o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, em um comunicado.

Os indivíduos sancionados incluem os empresários colombianos Alex Nain Saab Moran e Álvaro Enrique Pulido Rubio, além de três enteados do presidente Nicolás Maduro, Walter, Yosser e Yoswal, segundo o comunicado.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала