Letônia bloqueia sítio da agência de notícias Rossiya Segodnya

© Sputnik / Ramil Sitdikov / Abrir o banco de imagensAgência Rossiya Segodnya
Agência Rossiya Segodnya - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As autoridades letãs bloquearam o sítio Web Baltnews.lv, que pertence ao grupo de comunicação social Rossiya Segodnya, qualificando-o de "ameaça" à soberania da Ucrânia.

De acordo com uma notificação do registro nacional de domínios, a que a Sputnik teve acesso, o Ministério das Relações Exteriores da Letônia decidiu que o sítio Web Baltnews.lv viola a disposição da União Europeia (UE) de 17 de março de 2014 relativa a sanções por ameaça à independência, soberania e integridade territorial da Ucrânia.

Deve-se referir que alguns políticos de países europeus continuam provocando uma histeria antirrussa, especialmente na esfera da informação.

Histeria antirrussa

Por exemplo recentemente, na Conferência Global sobre Liberdade de Imprensa, organizada em Londres entre os dias 10 e 11 de julho, os organizadores negaram o credenciamento à agência Sputnik e ao canal RT. O Kremlin avaliou a situação como absurda e considerou o evento como uma pseudoconferência.

O diretor-executivo do Comitê de Proteção aos Jornalistas (CPJ), Joel Simon, criticou esta decisão. Para ele, trata-se de uma decisão contraproducente que pode levar a maiores restrições à mídia, disse o chefe do CPJ.

O diretor-executivo do CPJ disse ainda que barrar as duas agências incentiva "governos autocráticos em todo o mundo que usam uma lógica similar para justificar a repressão ao jornalismo crítico".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала