Lufthansa suspende voos para Cairo por razões de segurança

© AFP 2022 / CHRISTOF STACHEAviões da companhia alemã Lufthansa
Aviões da companhia alemã Lufthansa - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A companhia aérea alemã seguiu a British Airwaves e suspendeu voos para a capital do Egito como "precaução" por razões de segurança, segundo a declaração para empresa, citada pela mídia local.

A Lufthansa informou em seu comunicado que a suspensão é temporária e que deve durar, pelo menos, sete dias.

"Revisamos constantemente nossos acordos de segurança em todos os aeroportos do mundo e suspendemos os voos para o Cairo por sete dias como medida de precaução para permitir uma avaliação mais profunda. A segurança de nossos clientes e tripulação é sempre nossa prioridade, e nunca operaríamos uma aeronave a menos que fosse seguro fazê-lo ", informou a empresa, citada pela The Daily Star.

Uma declaração semelhante foi emitida anteriormente pela British Airways. Um porta-voz da companhia britânica disse que os vôos foram suspensos "por sete dias como medida de precaução para permitir uma avaliação mais aprofundada".

Mais cedo, o Ministério das Relações Exteriores do Reino Unido aconselhou passageiros contra viagens aéreas para e do Egito e Sharm el-Sheikh, mas não emitiu um aviso semelhante sobre Cairo.

Segundo a Reuters, citando três fontes egípcias de segurança nos aeroportos, a equipe britânica verificava a segurança no aeroporto do Cairo na quarta e quinta-feira.

A Rússia suspendeu o tráfego aéreo civil para o Egito em novembro de 2015, depois que uma bomba derrubou um avião russo, que decolou de Sharm el-Sheikh, matando todas as 224 pessoas a bordo. Antes que os vôos regulares entre Moscou e o Cairo fossem retomados, em abril de 2018, o Egito precisou aprimorar a segurança nos aeroportos. Os vôos fretados entre a Rússia e os resorts egípcios ainda estão em vias de serem retomados.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала