Apesar das objeções de Pyongyang, Washington e Seul se preparam para manobras militares

© REUTERS / Kevin LamarquePresidente dos EUA Donald Trump e presidente da Coreia do Sul Moon Jae-in visitam a zona desmilitarizada entre as duas Coreias
Presidente dos EUA Donald Trump e presidente da Coreia do Sul Moon Jae-in visitam a zona desmilitarizada entre as duas Coreias - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os EUA e a Coreia do Sul vão realizar os exercícios militares 19-2 Dong Maeng, como planejado, apesar do aviso da Coreia do Norte de que isso pode pôr em risco as conversações nucleares EUA-Coreia do Norte.

"A respetiva preparação está em curso", disse a porta-voz do Ministério da Defesa da Coreia do Sul, Choi Hyun-Soo, citada pela agência Yonhap.

A informação oficial sobre o treinamento ainda não está publicada no site do Departamento de Defesa da Coreia do Sul.

Os exercícios conjuntos 19-2 Dong Maeng estão marcados para agosto em vez das manobras anteriores Ulchi Freedom Guardian, às quais Pyongyang se tinha oposto , considerando-as como preparação para a guerra contra a Coreia do Norte.

Os norte-coreanos mantêm-se preocupados com a realização dos exercícios conjuntos EUA-Coreia do Sul com a nova designação, que significa "aliança". Os primeiros exercícios com este nome foram realizados em março, em vez das manobras Key Resolve e Foal Eagle.

Na terceira cúpula entre os EUA e a Coreia do Norte, o presidente dos EUA, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, chegaram a acordo de começar em breve negociações concretas sobre a questão nuclear.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала