Sonda japonesa envia FOTOS após 2ª aterrissagem no asteroide Ryugu

© AP Photo / ISAS/JAXA via APImagem computadorizada da nave espacial Hayabusa 2 perto do asteroide Ryugu, em 5 de abril de 2019 (foto de arquivo)
Imagem computadorizada da nave espacial Hayabusa 2 perto do asteroide Ryugu, em 5 de abril de 2019 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A sonda japonesa Hayabusa-2 enviou à Terra as primeiras fotografias tiradas pelas câmeras de bordo que captaram o momento em que a sonda tocou na superfície do asteroide Ryugu.

Ao mesmo tempo a sonda tentou recolher as primeiras amostras da matéria primária "pura" do Sistema Solar, informaram os cientistas durante a coletiva de imprensa na sede da agência espacial japonesa (JAXA).

"Nós sabíamos que nesse ponto tinham se acumulado partículas que tinham sido lançadas para o espaço sobre o asteroide na sequência da criação da nova cratera na superfície dele. Sabemos que a aterrissagem correu de maneira ideal, por isso consideramos que conseguimos coletar uma parte delas [das partículas]", disse o diretor científico da missão Seiichiro Watanabe.

© Foto / JAXAImagem recebida nos primeiros quatro segundos após a aterrissagem da sonda Hayabusa-2 no asteroide Ryugu em 2018
Sonda japonesa envia FOTOS após 2ª aterrissagem no asteroide Ryugu - Sputnik Brasil
Imagem recebida nos primeiros quatro segundos após a aterrissagem da sonda Hayabusa-2 no asteroide Ryugu em 2018

Sonda Hayabusa-2 cria 1ª cratera artificial da história no asteroide Ryugu

Em abril deste ano, Hayabusa 2 se aproximou novamente do asteroide Ryugu e lançou com êxito uma bomba bastante pesada, de 15 quilos, no corpo celeste, criando assim a primeira cratera artificial e saindo ilesa do impacto desta explosão, conseguindo também capturar imagens da cratera recém-formada.

© Foto / JAXAImagem recebida nos primeiros quatro segundos após a aterrissagem da sonda Hayabusa-2 no asteroide Ryugu
Sonda japonesa envia FOTOS após 2ª aterrissagem no asteroide Ryugu - Sputnik Brasil
Imagem recebida nos primeiros quatro segundos após a aterrissagem da sonda Hayabusa-2 no asteroide Ryugu

A sonda espacial Hayabusa-2 foi lançada no espaço no início de dezembro de 2014 para examinar e coletar amostras do asteroide Ryugu. Os cientistas esperam que ela consiga trazer à Terra as primeiras amostras de matéria primária do Sistema Solar.

A órbita do asteroide Ryugu, com um diâmetro de aproximadamente 900 metros, se localiza a cerca de 2,8 bilhões de quilômetros da Terra.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала