EUA fracassam em intervir na Venezuela, assegura Evo Morales

© REUTERS / Kirill Kudryavtsev / PoolPresidente boliviano Evo Morales participa de reunião com seu homólogo russo, Vladimir Putin, no Kremlin em Moscou, Rússia, 11 de julho de 2019
Presidente boliviano Evo Morales participa de reunião com seu homólogo russo, Vladimir Putin, no Kremlin em Moscou, Rússia, 11 de julho de 2019 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Nesta quinta-feira (11), o presidente da Bolívia, Evo Morales, disse que Washington falha ao tentar intervir em Caracas.

"Os Estados Unidos falham em sua intervenção na Venezuela, falham com a invasão, falham com [a tentativa de] golpe de Estado e com todas as políticas agressivas, econômicas e militares", afirmou Morales à Sputnik.

O presidente boliviano também acrescentou que as políticas "do governo dos EUA em relação à Venezuela não são políticas de governos latino-americanos".

O líder boliviano alertou anteriormente que nem uma intervenção estrangeira nem um golpe de Estado resolverão os problemas da Venezuela, e convocou os países latino-americanos a preservarem a paz regional.

Morales reafirmou seu apoio ao governo do presidente venezuelano Nicolás Maduro, diante de problemas econômicos internos e forte pressão internacional liderada por Washington que apoia o autodenominado "presidente interino" Juan Guaidó.

Visita de Morales à Rússia

O presidente russo Vladimir Putin se reuniu com o presidente boliviano Evo Morales nesta quinta-feira (11) em Moscou para discutir a cooperação entre os dois países e trocar opiniões sobre as principais questões internacionais e regionais.

Ambos os líderes já debateram o estado atual das relações entre os dois países, bem como a cooperação nas esferas comercial, econômica e humanitária.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала