EUA vão aumentar pressão até o Irã encerrar programa nuclear, diz Bolton

© AP Photo / Cliff OwenAssessor de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton (foto de arquivo)
Assessor de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os Estados Unidos continuarão a pressionar o Irã até que o país termine seu programa nuclear e atividades violentas na região.

A declaração partiu do assessor de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, durante a conferência Cristãos Unidos por Israel, em Washington, em Washington, nesta segunda-feira (8).

"Continuaremos a aumentar a pressão sobre o regime iraniano até que ele abandone seu programa de armas nucleares e termine suas atividades violentas em todo o Oriente Médio, incluindo a condução e o apoio ao terrorismo em todo o mundo", disse Bolton.

"Estou aqui para lhes dizer hoje que a campanha de pressão do presidente Trump contra o Irã está funcionando", acrescentou.

Bolton também afirmou que, há cerca de um ano, os críticos do governo de Donald Trump previam que as sanções não seriam eficazes. Porém, rebatendo essas afirmações, apontou que desde que "os Estados Unidos impuseram as mais duras sanções ao regime iraniano, a economia iraniana - para citar o Financial Times - está colapsando sob este peso [das sanções]".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала