Berlusconi renova seu compromisso de acabar com sanções antirrussas na Europa

© AP Photo / Luca BrunoO ex-primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi.
O ex-primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ex-primeiro ministro da Itália e presidente do partido Forza Italia, Silvio Berlusconi, disse que seu partido político continuará trabalhando para por um fim às sanções da União Europeia contra a Rússia.

"O partido Forza Italia continuará seus esforços para acabar com o mecanismo injusto e ineficiente de sanções contra a Rússia", disse Berlusconi em sua conta no Facebook.

O político italiano realizou uma breve reunião na quinta-feira (4) com o presidente russo, Vladimir Putin, no aeroporto de Roma.

O líder russo fez uma visita de um dia a Roma, onde se reuniu com seu colega Sergio Mattarella, o primeiro-ministro Giuseppe Conte e o papa Francisco.

Berlusconi salientou que na Itália e na Europa há vozes cada vez maiores exigindo o fim das restrições impostas pela União Europeia à Rússia em 2014, devido à adesão da Crimeia.

A região foi desmembrada da Ucrânia e aderiu à Rússia após o referendo realizado em março de 2014, no qual mais de 96% dos eleitores votaram por essa opção.

Berlusconi enfatizou que seu encontro com o presidente russo ratificou suas "relações de respeito e amizade mútua", bem como "a importância fundamental dos laços da Rússia com a Itália e com a Europa".

Em uma recente entrevista ao jornal italiano Corriere della Sera, Putin caracterizou Berlusconi como um político de classe mundial e um verdadeiro líder que defende os interesses da Itália na arena internacional.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала