Falha no Facebook, Instagram e WhatsApp revela mecanismos ocultos de classificação de dados

© REUTERS / Dado RuvicLogo do Facebook impresso em 3D
Logo do Facebook impresso em 3D - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A grande falha desta quarta-feira no Facebook, Instagram e WhatsApp mostrou involuntariamente aos internautas como o sistema de aprendizagem automática classifica o conteúdo.

As aplicações e sites no Facebook, Instagram e WhatsApp enfrentaram instabilidade no carregamento e postagem de imagens e vídeos. Além disso, vários usuários puderam ver as etiquetas com a descrição da imagem em vez da foto.

​Assim, quando um internauta navegava pelas suas fotos publicadas, ele podia ver no lugar das imagens um texto que dizia: "Imagem pode conter: três pessoas, pessoas sorrindo, pessoas de pé e interior" ou simplesmente "imagem pode conter: gato".

​Essa série de "tags" é baseada no sistema de reconhecimento de objetos do Facebook, o que significa que as etiquetas são atribuídas automaticamente, independentemente de o usuário ter incluído ou não sua própria descrição.

A empresa de Mark Zucherberg tem usado desde 2016 a aprendizagem automática para descrever as imagens desta maneira. Esse projeto é uma parte das tentativas da companhia de atingir mais acessibilidade, já que esses "tags" se utilizam para explicar fotos e vídeos aos usuários com incapacidades visuais, segundo explica The Verge.

Entretanto, não está claro, se o Facebook também usa esta informação para orientar publicidade.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала