Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Dívida pública para compra de jatos F-16 dos EUA é 'dinheiro perdido', disse ex-ministra da Bulgária

© AP Photo / Ahn Young-joonCaça norte-americano F-16 (foto de arquivo)
Caça norte-americano F-16 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga no
A Bulgária deveria pagar pelos caças norte-americanos F-16 só depois de eles serem produzidos e fornecidos, declarou a ex-ministra das Finanças.

Christina Vucheva, ex-ministra das Finanças da Bulgária e professora de economia, disse em entrevista à Rádio Nacional da Bulgária que o país não deve pagar pelos jatos F-16 imediatamente, mas o pagamento deveria ser efetuado somente após a produção e o fornecimento das aeronaves.

"[Os EUA] poderiam renunciar aos seus princípios e nos pedirem esses bilhões [de leves búlgaros] pelo armamento não imediatamente, não com antecedência, mas quatro anos depois, quando eles [aviões] forem produzidos", declarou ela, ressaltando que com esse dinheiro a Bulgária conseguiria atualizar o orçamento.

A ex-ministra das Finanças da Bulgária avaliou positivamente a compra dos jatos F-16. Contudo, na opinião dela, o empréstimo tomado para um pagamento único poderia ser canalizado para as necessidades do país.

"Se gastarmos esse dinheiro dentro do país, isso seria excepcionalmente importante para o nosso desenvolvimento e estabilização e sucessos interiores. Se esse dinheiro sair do país – é dinheiro perdido", disse a ex-ministra.

Na semana passada, o Ministério das Finanças emitiu títulos de dívida pública como parte dos fundos para comprar os jatos. Vários bancos e fundações búlgaras adquiriram títulos do Tesouro no valor de mais de US$ 170 milhões (R$ 652,63 milhões), que servem de garantia de reembolso da dívida.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала