Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Conselho de Segurança da ONU condena ataques a petroleiros no Golfo de Omã

© REUTERS / Mike SegarSessão do Conselho de Segurança da ONU
Sessão do Conselho de Segurança da ONU  - Sputnik Brasil
Nos siga no
Os Estados-membros do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) condenaram os ataques a petroleiros no Golfo de Omã como uma séria ameaça à navegação marítima internacional e à segurança internacional.

"Os membros do Conselho condenam o ataque aos petroleiros, que representam uma séria ameaça à navegação marítima e ao suprimento de energia, infringindo as regras internacionais sobre liberdade de navegação e transporte marítimo, além de uma ameaça à paz e segurança internacionais", disse o embaixador do Kuwait na ONU, Mansour Al-Otaibi, que atualmente preside o organismo. 

Al-Otaibi fez a declaração após o Conselho de Segurança fazer uma reunião fechada nesta segunda-feira (24). 

No início de junho, dois petroleiros, Kokuka Courageous e Front Altair, foram atacados no Golfo de Omã, perto do Estreito de Ormuz. Enquanto as causas do incidente permanecem desconhecidas, os Estados Unidos afirmam que o Irã atacou os navios.

Os membros do Conselho de Segurança também pediram a todas as partes envolvidas e atores da região que demonstrem moderação e tomem medidas para reduzir a tensão, disse Al-Otaibi.

"Os membros do Conselho insistem que as diferenças devem ser tratadas de forma pacífica e através do diálogo", acrescentou.

O Irã nega as acusações dos Estados Unidos e afirma que Washington busca fabricar um pretexto para uma guerra. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала