Nunca antes vista: estranha cratera azul aparece em Marte (Foto)

© Foto / PixabayPlaneta Marte
Planeta Marte - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Pensa-se que a cratera tenha sido formada nos últimos três anos, sendo a segunda descoberta peculiar em Marte em uma semana.

Esta nova descoberta surge na sequência de notícias sobre uma formação rochosa na superfície do Planeta Vermelho estranhamente parecida com o logotipo da Frota Estelar da franquia Jornada nas Estrelas.

A sonda da NASA Mars Reconnaissance Orbiter, que tem a finalidade de procurar evidências de existência de água no passado remoto de Marte, capturou uma imagem daquilo que se pensa ser uma cratera recém-formada de 14,9 metros por 16,1 metros na superfície do planeta. Os astrônomos afirmam nunca terem visto nada parecido.

© Foto / NASA/JPL/ Universidade de ArizonaA cratera que apareceu recentemente na superfície de Marte
Nunca antes vista: estranha cratera azul aparece em Marte (Foto) - Sputnik Brasil
A cratera que apareceu recentemente na superfície de Marte

A imagem tirada por uma câmera de alta resolução, a uma distância de 255 quilômetros sobre Valles Marineris, perto do equador de Marte, foi captada em abril e colocada no website do Experimento Científico de Imagens de Alta Resolução (HiRISE, na sigla em inglês) no início deste mês.

Uma autêntica 'obra de arte'

A tonalidade única de azul e preto da imagem, em contraste com o cenário do Planeta Vermelho, deixou os cientistas intrigados. "O que se destaca aqui é o material mais escuro descoberto por baixo da poeira avermelhada", observou o site do HiRISE, destacando que a cratera é uma verdadeira "obra de arte".

De acordo com Veronica Bray, da equipe científica do HiRISE, o objeto que colidiu com Marte formando essa cratera tinha aproximadamente 1,5 m de diâmetro e era composto por uma rocha mais sólida, visto que o objeto não se quebrou na atmosfera em pedaços mais pequenos antes de chocar contra a superfície.

Camada azul poderia indicar a existência de gelo em Marte

A dimensão da cratera, comparada com o tamanho do objeto, também dá alguma indicação da tremenda força com que ele chocou contra o planeta.

"É [uma cratera] formidável", disse Veronica Bray à Space.com.

Segundo a investigadora, a parte mais escura na foto indica a área onde a poeira avermelhada foi removida da superfície. A tonalidade azulada pode ou não indicar gelo exposto, anteriormente escondido sob a poeira marciana.

O cientista planetário Peter Grindrod, do Museu de História Natural de Londres, disse que "ficou completamente espantado" com a imagem. "Nunca vi nada semelhante", disse ele referindo-se ao tamanho da cratera.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала