Marinha dos EUA divulga novas FOTOS que 'culpam' Irã pelo ataque a petroleiros

© REUTERS / Marinha dos EUA Imagem alegadamente ligada aos ataques a dois petroleiros no golfo de Omã
Imagem alegadamente ligada aos ataques a dois petroleiros no golfo de Omã - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Marinha dos Estados Unidos divulgou novas imagens do ataque a petroleiros no golfo de Omã que alegadamente provam a culpa do Irã na ofensiva.

Washington afirma que as imagens recém-divulgadas provam de alguma forma que Teerã esteve por trás do ataque.

De acordo com o Pentágono, nas imagens é possível ver uma lancha, presumivelmente iraniana, que se aproxima do navio japonês Kokuka Courageous para remover uma mina naval ainda não detonada.

As novas fotografias mostram o mesmo episódio anteriormente apresentado em um vídeo de baixa qualidade lançado pelo Exército americano. Entre elas estão fotos das impressões digitais da pessoa que removeu o objeto.

© REUTERS / Marinha dos EUA Fotografia divulgada pela Marinha dos EUA alegadamente ligada aos ataques a dois petroleiros no golfo de Omã, 17 de junho de 2019
Marinha dos EUA divulga novas FOTOS que 'culpam' Irã pelo ataque a petroleiros - Sputnik Brasil
Fotografia divulgada pela Marinha dos EUA alegadamente ligada aos ataques a dois petroleiros no golfo de Omã, 17 de junho de 2019

Na fotografia que mostra um buraco no casco do petroleiro, que também foi compartilhada, o Pentágono alega que a deformação na embarcação foi causada pela explosão de outra mina.

© REUTERS / Marinha dos EUA Buraco no casco do navio petroleiro Kokuka Courageous
Marinha dos EUA divulga novas FOTOS que 'culpam' Irã pelo ataque a petroleiros - Sputnik Brasil
Buraco no casco do navio petroleiro Kokuka Courageous

"O Irã é responsável pelo ataque com base em evidências de vídeo e [por o país ter] os recursos e proficiência necessários para remover rapidamente a mina naval não detonada", disse o Exército dos EUA em declaração.

© REUTERS / Marinha dos EUA Foto tirada pela Marinha dos EUA no dia 13 de junho de 2019 alegadamente ligada aos ataques a dois petroleiros no golfo de Omã
Marinha dos EUA divulga novas FOTOS que 'culpam' Irã pelo ataque a petroleiros - Sputnik Brasil
Foto tirada pela Marinha dos EUA no dia 13 de junho de 2019 alegadamente ligada aos ataques a dois petroleiros no golfo de Omã

Na segunda-feira (17), o Departamento de Defesa dos EUA anunciou o envio de cerca de 1.000 soldados adicionais ao Oriente Médio para defender os interesses de Washington após os "recentes ataques iranianos".

© REUTERS / Marinha dos EUA Impressão da palma da mão no casco do navio petroleiro Kokuka Courageous
Marinha dos EUA divulga novas FOTOS que 'culpam' Irã pelo ataque a petroleiros - Sputnik Brasil
Impressão da palma da mão no casco do navio petroleiro Kokuka Courageous

Apesar das alegações, o proprietário do navio Kokuka Courageous descreveu como "falsas" as informações sobre o alegado uso de minas neste ataque, especificando que a tripulação viu "objetos voadores" antes das explosões, apontando que eles poderiam ter sido projéteis.

No dia 13 de junho, os petroleiros Kokuka Courageous e Front Altair foram atacados quando navegavam pelo golfo de Omã, tendo sido atingidos por explosões e incêndios.

Teerã considera as acusações "infundadas" e nega categoricamente que a República Islâmica tenha qualquer ligação com o acontecimento. O ministro iraniano das Relações Exteriores, Mohammad Javad Zarif, qualificou os incidentes de "suspeitos".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала