Sarcófago de 1.000 anos é encontrado em igreja alemã (FOTOS)

Nos siga noTelegram
O sarcófago de 1.000 anos, encontrado sob uma igreja na Alemanha, revela supostos restos mortais de um arcebispo que faleceu no século XI.

Os arqueólogos realizavam a escavação na Igreja de St. Johannis em Mainz, uma das catedrais mais antigas da Alemanha, escreve o Daily Mail.

A equipe havia descoberto sinais do sarcófago pela primeira vez em 2017, quando um canto foi avistado sob o chão da igreja.

​Sarcófago de 1.000 anos é aberto em Mainz. 

Ao todo, 14 arqueólogos estiveram presentes no local para finalmente abrir o sarcófago de pedra de aproximadamente 700 quilogramas. Para levantar a tampa, a equipe utilizou um sistema de polias.

​Alemanha: Sarcófago de 1.000 anos é aberto em Mainz. 

"Uma preparação tão longa e depois a tampa se abre, foi um momento único", afirmou o líder da equipe, Guido Faccani, à CNN.

Ao abrir o sarcófago, a equipe encontrou poucas evidências do corpo, inclusive os dentes parecem ter apodrecido, que eles acreditam ser de um clérigo importante devido à posição do sarcófago que estava voltado para o altar.

Com isso, a equipe acredita que os restos mortais sejam de um arcebispo de Mainz que serviu entre 1011 e 1021.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала