1º drone de combate da Rússia chama atenção da mídia americana

© Foto / Instagram/Fighter_bomber_Veículo aéreo não tripulado russo Okhotnik (foto de arquivo)
Veículo aéreo não tripulado russo Okhotnik (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Nos EUA, o anúncio do primeiro voo do novíssimo drone de combate russo S-70 Okhotnik-B (Caçador-B) não foi ignorado e a edição Popular Mechanics já avaliou este armamento avançado.

O autor do artigo Kyle Mizokami indica que o Okhotnik-B é capaz de transportar bombas de alta precisão a longas distâncias e pode superar os sistemas de defesa antiaérea do inimigo.

A ausência da cabine e dos sistemas de suporte de vida necessários para o piloto permitiram que os projetistas obtivessem mais espaço para combustível e munições. A publicação relata que o Okhotnik-B pesa cerca de 20 toneladas, o que é ligeiramente mais do que o peso do caça bimotor Su-35.

Testes do míssil balístico intercontinental Sarmat, 29 de março de 2018 - Sputnik Brasil
Mídia chinesa indica míssil russo que pode ser 'pesadelo' para Pentágono
Não possuindo cabine e sistemas de suporte de vida necessários para o piloto, ele tem provavelmente um grande compartimento interno para armas e tanques de combustível. Tudo isto lhe dá vantagem.

"O drone furtivo executará tarefas perigosas contra alvos bem protegidos", escreve Mizokami. Segundo ele, a principal tarefa do drone será a destruição de sistemas de defesa antiaérea do inimigo.

O Okhotnik-B foi projetado de acordo com o esquema "asa voadora". Pela primeira vez o drone russo foi avistado na Fábrica de Aviação Chkalov de Novosibirsk em janeiro de 2019. Espera-se que o drone decole pela primeira vez em julho ou agosto deste ano. Segundo especialistas russos, o primeiro voo durará no máximo várias dezenas de minutos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала