EUA: México deve adotar medidas contra imigração para evitar impostos americanos

© AP Photo / Evan VucciO vice-presidente dos EUA, Mike Pence, gesticula durante o evento de criação da Força Espacial dos EUA
O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, gesticula durante o evento de criação da Força Espacial dos EUA - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, disse que o presidente Donald Trump permanecerá firme até que a crise na fronteira do sul dos EUA seja resolvida, acrescentando que o México deve adotar medidas decisivas contra a imigração para evitar impostos sobre produtos mexicanos, informou Reuters.

Esta quinta-feira, o jornal Washington Post informou que oficiais mexicanos haviam prometido enviar cerca de 6 mil soldados da Guarda Nacional para a fronteira sul com a Guatemala para conter o fluxo de imigrantes da América Central, no âmbito do acordo para evitar a escalada das tarifas dos EUA. O possível acordo também permitiria que os Estados Unidos deportassem os solicitantes de asilo guatemaltecos para o México, assim que pisassem em solo norte-americano.

President Donald Trump speaks during an event in the Rose Garden at the White House to declare a national emergency in order to build a wall along the southern border, Friday, Feb. 15, 2019, in Washington - Sputnik Brasil
Tarifas de Trump sobre o México podem 'sair pela culatra'
Pence disse, citado pela Reuters, estar contente com o fato das autoridades mexicanas estarem dispostas a fazer mais para conter o fluxo migratório para os Estados Unidos. Para ele, no entanto, cabe a Trump decidir se as medidas são suficientes para evitar tarifas norte-americanas.

Sarah Sanders, porta-voz da Casa Branca, repetiu os comentários de Pence, destacando que "a posição não mudou" e que as tarifas ainda seriam possíveis, informou CNBC.

Na semana passada, Trump declarou que os Estados Unidos implementarão uma tarifa de 5% sobre todos os bens importados do México a partir de 10 de junho e aumentarão as tarifas para 25% até outubro, a menos que o México adote medidas para combater a imigração ilegal.

Na quarta-feira, o ministro das Relações Exteriores do México, Marcelo Ebrard, disse que continua otimista com as negociações em curso com os EUA sobre as tarifas. Trump confirmou nesta quarta-feira que algum progresso foi alcançado durante as negociações bilaterais.

Um número crescente de migrantes da América Central se aglomera na fronteira dos Estados Unidos com o México nos últimos meses. Trump classificou a situação de crise e declarou uma emergência nacional em fevereiro para garantir fundos para construir um muro de fronteira do país.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала