Polícia alemã anuncia investigação para apurar 'misteriosa morte' de partidário de Merkel

Nos siga noTelegram
A polícia lançou uma investigação sobre a misteriosa morte de Walter Lubcke, um político do Partido da União Democrata Cristã da chanceler alemã, Angela Merkel, informou a imprensa local.

O político, que tinha 65 anos, liderou o governo distrital na cidade de Kassel, no estado de Hesse, e teria sido encontrado morto em seu próprio jardim com uma ferida na cabeça. Nenhuma arma foi descoberta no local, segundo a polícia.

O conselho do distrito de Kassel disse em um comunicado que estava "perplexo e chocado com a morte do político popular e extremamente acessível" que foi descrito por seus colegas como um "construtor de pontes".

"Estamos profundamente chocados com a morte repentina do nosso amigo Walter Lubcke", destacou o presidente do conselho da CDU, Volker Bouffier, e o líder do grupo parlamentar da CDU, Michael Bodenberg, em comunicado conjunto.

Angela Merkel, chanceler da Alemanha - Sputnik Brasil
Merkel defende proteção aos judeus na Alemanha e ensino sobre os crimes nazistas
Lubcke serviu como membro do parlamento estadual de Hesse por dez anos antes de se tornar presidente regional de Kassel em 2009, comemorando o décimo aniversário de sua permanência nessa função em maio.

Ele tinha planos renunciar do posto de liderança em Kassel em março, mas seus colegas pediram a ele para estender seu mandato, de acordo com a imprensa alemã.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала