'À beira da guerra nuclear': poderia 'avião do Juízo Final' salvar EUA?

CC0 / Domínio Público / Avião Boeing E-4B, também conhecido como "avião do Juízo Final"
Avião Boeing E-4B, também conhecido como avião do Juízo Final - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A mídia americana noticiou sobre o avião E-4B Nightwatch, que o Pentágono poderá usar como posto de comando móvel de reserva em caso de guerra nuclear. O cientista político Igor Shatrov sugere a razão de este tema ser levantado nos EUA neste momento e se este avião poderia realmente salvar o país.

O cientista político Igor Shatrov, vice-diretor do Instituto Nacional para Desenvolvimento da Ideologia Moderna, comentou em entrevista para o serviço russo da rádio Sputnik as matérias surgidas na mídia americana sobre o avião E-4B Nightwatch, apelidado nos EUA de "Pentágono alternativo" no caso de uma guerra nuclear.

"Provavelmente não é por acaso que este tema está sendo levantado mais uma vez pela mídia e políticos americanos, porque as questões da corrida às armas nucleares estão na agenda dos Estados Unidos como prioridade. Constatamos que os EUA se preparam para se retirar do acordo sobre mísseis de médio e curto alcance. Isso forçou a Rússia a anunciar a possível suspensão de sua participação neste tratado", disse Igor Shatrov.

Posto de comando aéreo com base no avião Il-80 (imagem referencial) - Sputnik Brasil
'Aviões do Juízo Final' russos são garantia contra terceira guerra mundial, diz analista
Segundo o analista, acontece que os acordos internacionais que impediam a corrida às armas nucleares já não funcionam e os EUA fingem que a ameaça nuclear vem da Rússia, embora os primeiros a sair dos tratados sejam eles. Entretanto, de acordo com especialista, no caso de uma guerra nuclear, nenhum 'avião do Juízo Final' salvará qualquer país de consequências catastróficas.

"Há outra coisa que deve ser clara: não haverá vencedores em uma guerra nuclear. Se houver tal guerra, nenhum 'avião do Juízo Final' salvará qualquer país de consequências catastróficas. Portanto, é preciso voltar à mesa de negociações, a situação não deve ficar na incerteza por muito tempo, porque o mundo pode estar à beira de uma guerra nuclear", disse especialista.

Míssil nuclear (arquivo) - Sputnik Brasil
Análise: EUA preparam cenário da guerra nuclear limitada na Europa
O canal de televisão CNBC emitiu uma reportagem sobre o avião E-4B Nightwatch, que nos EUA é considerado um "Pentágono alternativo" no caso de uma guerra nuclear. Ao menos um dos quatro aviões deste tipo está sempre pronto para decolar "24 horas, sete dias por semana".

O avião conta com um conjunto de aproximadamente 67 antenas e satélites para operar como "centro de comando aéreo". A aeronave pode acomodar até 112 pessoas. Tem 18 camas, seis banheiros, uma cozinha, uma sala de conferências, um espaço de trabalho e um escritório para a liderança do Departamento de Defesa dos EUA.

As informações sobre o resto do equipamento da aeronave são confidenciais. Note-se que, contrariamente à crença popular, o E-4B Nightwatch não tem um sistema eletrônico avançado. Os desenvolvedores optaram por "sistemas analógicos", que eles consideram como mais adequados, pois tais sistemas não são tão afetados em caso de uma eventual explosão nuclear.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала