Brasil pode se tornar maior exportador de soja com guerra comercial entre China e EUA , diz produtor

© Fotos Públicas / Palácio Piratini / Camila DominguesColheita de soja no Brasil (imagem referencial)
Colheita de soja no Brasil (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A agência Bloomberg informou nesta quinta-feira (30) que a China suspendeu as compras de soja dos Estados Unidos em meio à escalada da guerra comercial entre os dois países.

Se a decisão for confirmada oficialmente, ela abre portas para o aumento da exportação de soja brasileira. Essa pelo menos é a análise de Lucas Costa Beber, produtor agrícola e diretor da Associação dos Produtores de Soja e Milho do Mato Grosso (Aprosoja).

Em entrevista à Sputnik Brasil, ele se mostrou otimista e acredita que o Brasil possa se tornar o maior exportador de soja do mundo.

"Já somos o maior produtor do mundo e com certeza vamos nos consolidar como maior exportador do mundo", disse.

Segundo os dados oficiais, a China comprou 13 milhões toneladas de soja desde dezembro, quando foi atingida uma trégua temporária entre o país e os EUA e estes decidiram adiar o aumento para 25% das tarifas aplicadas aos produtos chineses.

Colheita de safra de soja no Brasil (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Pequim suspende compras de soja americana em meio à escalada da guerra comercial, diz mídia
"O Brasil é o país que detém a maior tecnologia de produção de soja, nós temos a pesquisa ao nosso favor. De norte a sul do país nós temos potencial de grandes médias de soja", destacou Lucas Costa Beber.

No entanto, ele também destacou que existem pontos negativos que podem atrapalhar o sucesso da soja brasileira no mercado chinês.

"Um dado negativo é que o nosso validador de preços é a bolsa de Chicago e, como os negócios acontecem lá, e tem ocorrido pouca compra da soja americana na bolsa de Chicago, isso acaba atrapalhando no preço que é originado na bolsa de valores", disse.

Em geral, desde o início da guerra comercial sino-americana as exportações de soja brasileira para a China cresceram mais de 50%.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала