Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Como Nova Rota da Seda impulsionará crescimento da China nos próximos 40 anos?

© flickr.com / Trey RatcliffChina espera que a Nova Rota da Seda derrube barreiras comerciais e de investimento
China espera que a Nova Rota da Seda derrube barreiras comerciais e de investimento - Sputnik Brasil
Nos siga no
A ambiciosa Iniciativa do Cinturão e Rota chinesa, popularmente conhecida como Nova Rota da Seda, irá provavelmente proporcionar oportunidades de negócio significativas para as economias globais, segundo especialistas.

Segundo participantes do 8º Fórum de Negócios da China, realizado em Londres, Pequim é a segunda maior economia do mundo e está prestes a crescer fortemente nas próximas duas a quatro décadas graças a essa iniciativa econômica.

"O crescimento vai continuar a vir da China nos próximos 20, 30, talvez 40 anos […] A maior oportunidade de crescimento no mundo é a Iniciativa do Cinturão e Rota", disse Stephen Perry, presidente da rede de negócios independente 48 Group Club, citado pelo China Daily.

O Presidente Jair Bolsonaro e o vice-presidente General Hamilton Mourão, durante cerimônia de posse aos presidentes dos bancos públicos. - Sputnik Brasil
Mourão na China: Brasil e América Latina já estão na 'Nova Rota da Seda'?
Durante seu discurso no fórum, Perry afirmou que o país asiático está tentando “liberar a capacidade produtiva e a demanda do consumidor desde a China, através da Ásia Central, Europa Central e até África", e que isso é do interesse do Reino Unido.

Foram debatidos temas referentes aos principais desenvolvimentos das economias chinesa e europeia, incluindo a adesão da Itália ao Cinturão e Rota e os acordos comerciais entre a China e a Europa.

Anunciado há seis anos pelo presidente chinês Xi Jinping, o megaprojeto comercial abrange 152 países da Europa, Ásia, Oriente Médio, América Latina e África.

O intuito da iniciativa é de impulsionar significativamente o comércio global e reduzir os custos comerciais pela metade para os países envolvidos.

O Fundo Monetário Internacional apelidou recentemente a rota comercial de "contributo muito importante" para a economia mundial, afirmando que ela promove a cooperação regional e a conectividade no domínio do investimento comercial, da mobilidade humana e das finanças.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала