Venezuela cria zona econômico-militar, dizendo que Forças Armadas são o 'motor' da economia

© REUTERS / Ueslei MarcelinoUm caixa conta notas de bolívar venezuelano em um mercado de rua no centro de Caracas, Venezuela (arquivo)
Um caixa conta notas de bolívar venezuelano em um mercado de rua no centro de Caracas, Venezuela (arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente Nicolas Maduro declarou que as Forças Armadas devem se tornar "o motor" do desenvolvimento da economia nacional. No norte do país será criada uma zona econômico-militar especial.

"As Forças Armadas com sua disciplina, organização, capacidade de agir e presença territorial podem ser o motor muito especial da agenda econômica da Venezuela. O país precisa disso", afirmou o presidente, cujo discurso foi transmitido pelo Twitter.

Maduro também adicionou que, para atingir os objetivos do desenvolvimento nacional, é preciso criar uma economia forte e que essa é uma das tarefas para a qual as Forças Armadas devem contribuir.

Nicolás Maduro, presidente da Venezuela (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Venezuela vai criar rede 4G com ajuda de empresas chinesas e russas, diz Maduro

O desenvolvimento das forças produtivas será sempre fundamental para garantir produtos alimentícios, vestuário, automóveis e tudo o que o país precisa, "quer vivamos em uma época de paz ou não", destacou.

Nicolas Maduro informou que a criação da zona econômico-militar especial foi proposta pelo ministro da Defesa. "A criação da zona econômica especial №1 no estado de Aragua (perto de Caracas) está aprovada", disse.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала