Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Governo da Venezuela deve se preparar para nova tentativa de golpe, diz inteligência russa

© AP Photo / Fernando LlanoLíder da oposição venezuelana e presidente autoproclamado, Juan Guaidó, fala com os apoiadores perto da base aérea La Carlota, em Caracas
Líder da oposição venezuelana e presidente autoproclamado, Juan Guaidó, fala com os apoiadores perto da base aérea La Carlota, em Caracas - Sputnik Brasil
Nos siga no
Nesta terça-feira (21), o diretor do Serviço de Inteligência Estrangeira da Rússia, Sergey Naryshkin, afirmou que a oposição na Venezuela tentará novamenete derrubar o governo eleito. Para Naryshkin é importante que Caracas consolide sua posição com o povo venezuelano e negocie com a oposição, mesmo que Washington dificulte o diálogo interno.

"A crise obviamente continuará. O golpe fracassado da oposição apoiada pelos EUA obviamente não é o último [...]. É importante que o governo legítimo consolide consistentemente a população do país e una as forças. Na minha opinião, o governo tem que manter o diálogo com a oposição. Eles devem perseguir o compromisso. A política extremamente malévola dos EUA em relação a este país obviamente dificulta isso", disse Naryshkin a repórteres durante uma reunião do Conselho dos Chefes de Agências de Segurança e Serviços de Inteligência dos Estados da CEI.

Carlos Rafael Faría Tortosa, embaixador da Venezuela na Rússia. - Sputnik Brasil
Rússia e Venezuela continuarão cooperação na indústria de defesa
Naryshkin acrescentou que embora os fracassos das políticas econômicas do governo tenham contribuído em grande parte para a erupção da crise política no país latino-americano, "forças estrangeiras" a estimularam.

Desde janeiro deste ano a tensão política ma Venezuela tem estado em alta. A época o líder opositor, Juan Guaidó, se autoproclamou presidente interino do país, ao que recebeu apoio externo dos Estados Unidos e seus principais aliados.

Já o governo de Nicolás Maduro, reeleito em 2018, segue sendo considerado legítimo por países como China e Rússia.

No dia 30 de abril, Guaidó tentou novamente a deposição de Maduro, no entanto, a tentativa de golpe falhou. O governo da Venezuela iniciou uma investigação para averiguar o ocorrido.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала