Mais de 30 mortos durante rebelião em prisão no Tajiquistão

CC0 / / Prisão
Prisão - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Mais de 30 pessoas, incluindo três seguranças, foram mortos durante um motim em uma prisão na cidade tajique de Vahdat, informou à Sputnik o vice-ministro da Justiça do Tajiquistão, Mansurdzhon Umarov.

"Durante o motim, três guardas e 29 prisioneiros morreram, dos quais oito foram mortos por outros detentos", disse Umarov.

A prisão, localizada a cerca de 15 quilômetros a sudeste de Dushanbe, tem cerca de 1.500 detentos.

Treinamentos antiterroristas em Tajiquistão - Sputnik Brasil
Tajiquistão endurece leis contra o terrorismo
De acordo com as informações preliminares, tumultos nas prisões aconteceram por volta das 20h30, hora local (GMT + 5).

Cerca de 30 presos armados de facas e outros objetos pontiagudos, principalmente aqueles que cumprem penas por terem combatido nas fileiras do Daesh, tomaram três guardas de reféns e exigiram a liberdade.

A administração tentou resolver o problema através de negociações, mas uma briga entre os prisioneiros escalou para um confronto violento.

As forças de segurança conseguiram render os amotinados e recuperar o controle da situação.

Uma investigação foi aberta na sequência do incidente.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала