Mídia: senadores criticam Trump por liderar os EUA 'para outra guerra' no Oriente Médio

© AP Photo / Carlos BarriaAs bandeiras nacionais dos EUA e do Irã
As bandeiras nacionais dos EUA e do Irã - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Em uma carta para Donald Trump obtida pela revista Foreign Policy, um grupo de congressistas democratas, juntamente com o senador independente Bernie Sanders, repreendeu o presidente dos EUA por liderar Washington rumo a "outra guerra no Oriente Médio".

O documento, que também foi assinado pelos senadores Chris Van Hollen, Ed Markey e Jeff Merkley, descreveu a estratégia do governo Trump no Irã como "cada vez mais inconsistente e contraproducente".

Vista de Teerã - Sputnik Brasil
EUA querem conversar enquanto 'seguram uma arma' contra nós, diz oficial do Irã
A carta expressou preocupação de que o descontentamento alegadamente emanado pelo Irã “se encaixam em um padrão mais amplo de inflar ameaças e distorcer informações para justificar políticas perigosas e predeterminadas”.

Os congressistas requisitaram a Trump que respondesse à mensagem até 15 de junho, pedindo que ele esclarecesse sua política para o Irã, inclusive sobre questões relativas ao acordo nuclear assinado com o país persa em 2015 (formalmente denominado JCPOA) e abandonado unilateralmente pelo presidente republicano.

A evolução ocorre em meio a crescentes tensões entre o Irã e os EUA, que aumentaram em 8 de maio, quando Teerã anunciou que voltaria atrás em alguns de seus compromissos "voluntários" sob o JCPOA. Em seguida, Washington anunciou uma nova rodada de sanções anti-iranianas destinadas aos setores de ferro, aço, alumínio e cobre da República Islâmica.

Porta-aviões norte-americano Abraham Lincoln ao lado de caças F-18 durante exercícios no golfo Pérsico - Sputnik Brasil
Mídia: EUA enviam ao menos 7 navios de guerra para perto do Irã
Os EUA reforçaram sua presença militar no Golfo Pérsico com o porta-aviões Abraham Lincoln e uma força-tarefa de bombardeiros para enviar “uma mensagem clara e inequívoca” a Teerã.

Além disso, os americanos também enviaram o sistemas de defesa antimísseis Patriot e um navio de guerra anfíbio Arlington para a região, mesmo sob forte ameaça do Irã em retaliar no caso de um possível conflito militar.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала