Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

'Bolsonaro quer desligar a máquina e jogar a chave fora', diz ministro Ernesto Araújo

© Foto / Divulgação / Ministério de Relações Exteriores do BrasilChanceler brasileiro Ernesto Araújo ao lado do ministro de Relações Exteriores da Polônia, Jacek Czaputowitcz, em Varsóvia
Chanceler brasileiro Ernesto Araújo ao lado do ministro de Relações Exteriores da Polônia, Jacek Czaputowitcz, em Varsóvia - Sputnik Brasil
Nos siga no
O ministro de Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, saiu em defesa do presidente Jair Bolsonaro neste sábado. Segundo o diplomata, o ex-capitão do Exército Brasileiro quer romper com tudo o que havia antes de sua chegada ao Palácio do Planalto.

"Até hoje no Brasil os grupos políticos lutavam pelo controle da máquina. O governo Bolsonaro quer desligar a máquina e jogar a chave fora. Pois essa maldita máquina só fabricou estagnação, desemprego, corrupção e descaso pelos valores do povo brasileiro", escreveu no Twitter.

Na mesma série de postagens neste sábado, acompanhada de um vídeo de um discurso proferido por ele em Nova York, Araújo ressaltou o papel do Ministério de Relações Exteriores brasileiro em prol de uma nova visão nacional, esta encampada pelo próprio Bolsonaro.

Presidente Jair Bolsonaro participou de uma cerimônia em homenagem aos ex-combatentes brasileiros que lutaram na Segunda Guerra Mundial - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Texto de Bolsonaro lembra carta de renúncia de Jânio, diz ex-chanceler brasileiro
O chanceler brasileiro está neste sábado em Varsóvia, na Polônia, como parte de sua agenda internacional por países alinhados ideologicamente com o Brasil. Anteriormente, Araújo passou nos últimos dias pela Itália e pela Hungria, países também liderados por governos de direita, nacionalistas e conservadores.

Durante uma coletiva ao lado do ministro de Relações Exteriores da Polônia, Jacek Czaputowitcz, e após um encontro com o presidente polonês Andrzej Duda e com o ministro-chefe de Gabinete da Presidência da República, Krzysztof Szczderski, Araújo declarou que o Brasil já teria o apoio de todos os membros para entrar para a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), e reforçou críticas ao governo venezuelano de Nicolás Maduro e exaltou a parceria com Israel.

O chanceler brasileiro ainda informou que o acordo entre Mercosul e União Europeia (UE) está nos estágios finais antes de ser anunciado e pediu reformas em organismos multilaterais, como a ONU, para atender aos interesses dos países-membros.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала