Irã não pretende negociar com os EUA após saída do país do pacto nuclear, diz chanceler

© AP Photo / Petr David JosekMinistério das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif
Ministério das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O chanceler iraniano Mohammad Javad Zarif disse que Teerã não tem intenção de negociar com os EUA depois que Washington abandonou o pacto nuclear e impôs sanções contra o Irã, informou a agência de notícias Kyodo.

"Não, não há possibilidade de negociar", disse Zarif durante sua visita ao Japão.

O chanceler iraniano se reuniu em Tóquio com seu colega japonês, Taro Kono, e com o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe.

O chefe do governo japonês expressou a esperança de que Teerã cumpra seus compromissos no âmbito do Pacto de Ação Integral Conjunta (PAIC) sobre o programa nuclear iraniano.

Jair Bolsonaro, presidente eleito do Brasil - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Bolsonaro reage e diz que estão montando 'uma Lava Jato' contra ele: 'Não vão me pegar'
O PAIC foi assinado em 2015 entre o grupo 5 + 1 (EUA, Rússia, China, Reino Unido, França e Alemanha) e o Irã.

Em 8 de maio de 2018, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou sua decisão de retirar-se do PAIC e reimpor um amplo pacote de sanções contra o Irã, incluindo medidas punitivas contra empresas e entidades financeiras de outros países que fizerem negócios com o Irã.

Washington também ameaçou acabar com as exportações de petróleo do Irã e exigiu que os países que compram petróleo bruto do Irã acabem com essas compras.

Apenas um ano após a retirada dos EUA do PAIC, o Conselho de Segurança Nacional do Irã anunciou a suspensão parcial do pacto.

Teerã advertiu que as medidas entrarão em vigor dentro de 60 dias se não houver progresso por parte dos países europeus signatários do PAIC.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала