- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Bolsonaro culpa governos anteriores pelo contingenciamento de recursos

© AFP 2022 / SERGIO LIMAEduardo Bolsonaro cochicha no ouvido do pai Jair Bolsonaro no comitê de transição de governo em Brasília, 14 de novembro de 2018
Eduardo Bolsonaro cochicha no ouvido do pai Jair Bolsonaro no comitê de transição de governo em Brasília, 14 de novembro de 2018 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira que o contingenciamento nos ministérios e órgãos federais é necessário, pois o país estaria arrecadando menos do que o previsto no Orçamento para este ano.

"Nós temos um problema que eu peguei um Brasil destruído economicamente também, então as arrecadações não era aquelas previstas por quem fez o Orçamento para o corrente ano, e, se não houver contingenciamento simplesmente, entro de encontro à Lei de Responsabilidade Fiscal", teceu o presidente ao desembarcar em Dallas, nos Estados Unidos, onde permanecerá nos próximos dois dias.

Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, fala com a imprensa após visita ao Ministério da Educação, 25 de abril de 2019 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Bolsonaro chama de 'idiotas úteis' manifestantes contra bloqueio de recursos na educação
Manifestações em todo o Brasil nesta quarta-feira protestam contra o bloqueio de verbas das universidades públicas e de institutos federais. O ministro da Educação, Abraham Weintraub, foi convocado à Câmara dos Deputados nesta tarde para explicar aos parlamentares como será feito o contingenciamento dos recursos. 

O presidente em exercício, Hamilton Mourão, disse que a comissão geral na Câmara será uma oportunidade de Weintraub esclarecer melhor o que é o contingenciamento e por que a medida foi adotada. 

"Nós temos falhado na nossa comunicação e agora é uma oportunidade, lá dentro do Congresso, que o ministro vai ter para explicar isso tudo", declarou Mourão aos jornalistas no Palácio do Planalto.

Sobre as manifestações, Mourão disse que esse tipo de mobilização faz parte do sistema democrático. "Desde que seja pacífica, ordeira e não limite o direito de ir e vir das outras pessoas, é uma forma que aqueles que se sentem inconformados têm de apresentar o seu protesto, então, [é] normal", disse, citado pela Agência Brasil.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала