- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Bolsonaro nos EUA de novo? Conheça destinos que poderiam ser mais relevantes

© Foto / José Cruz/Agência BrasilO presidente eleito, Jair Bolsonaro, participa de almoço com artistas sertanejos, no Clube do Exército, em Brasília
O presidente eleito, Jair Bolsonaro, participa de almoço com artistas sertanejos, no Clube do Exército, em Brasília - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Em pouco mais de 4 meses de governo, o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), terá visitado duas vezes os Estados Unidos. Porém, há lugares mais importantes que poderiam ser visitados pelo presidente brasileiro, dentro e fora do Brasil.

Em fevereiro, Bolsonaro esteve em Washington para se encontrar com o presidente dos EUA, Donald Trump. Agora, depois de polêmicas, decidiu ir a Dallas para receber o prêmio de "personalidade do ano", oferecido pela Câmara de Comércio Brasil-EUA. Além dos EUA, Bolsonaro também visitou a Suíça, Israel e Chile desde que assumiu a Presidência.

Já dentro do Brasil, Bolsonaro esteve nos estados de Santa Catarina, Paraná, Amapá, Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo. As viagens que fez desde janeiro, no entanto, privilegiaram eventos militares e evangélicos e foram mais frequentes em São Paulo e Rio de Janeiro.

Com desemprego aumentando, Nordeste aguarda o presidente

A região Nordeste do Brasil foi a única que não deu maioria de votos para Bolsonaro nas eleições presidenciais de 2018, dando larga preferência a Fernando Haddad (PT). A região é onde se concentra a pior avaliação do atual presidente, segundo o Ibope.

Jair Bolsonaro ao lado do ministro da Economia, Paulo Guedes - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
PIB do Brasil pode estar encolhendo, diz Banco Central
Ciente da preferência política da região, Bolsonaro afirmou diversas vezes durante sua campanha que daria prioridade aos nordestinos em seu governo. Apesar disso o Nordeste é a única região não visitada por Bolsonaro até agora.

Porém, já há uma primeira visita agendada para o dia 24 de maio, quando se encontrará com o Conselho Deliberativo da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

A falta de atitude em relação à região tem sido apontada por analistas e congressistas como prejudicial para a Reforma da Previdência, uma vez que deputados nordestinos têm se queixado da falta de atenção do Planalto para com a região.

O Nordeste é a região do país que mais perdeu vagas com carteira assinada em 2019, tendo quase 24 mil postos de trabalho fechados apenas em março.

Roraima e a crise venezuelana

A Venezuela foi um dos termas mais discutidos por Bolsonaro durante a campanha e também desde que se elegeu. No Brasil, o estado de Roraima, que faz fronteira com a Venezuela, foi o que mais sentiu os efeitos da crise política no país vizinhos, sendo porta de entrada para milhares de imigrantes venezuelanos.

© Foto / Paola de Orte/Agência BrasilO deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente eleito Jair Bolsonaro,
O deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente eleito Jair Bolsonaro,  - Sputnik Brasil
O deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente eleito Jair Bolsonaro,

Em fevereiro, a região foi uma das protagonistas internacionais da tentativa de entrada de ajuda humanitária na Venezuela, com direito a protestos e repressão.

Apesar da retórica de Bolsonaro, que chegou a receber em Brasília o autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, a região fronteiriça também não foi visitada pelo presidente desde que recebeu a faixa presidencial.

Principais parceiros comerciais também poderiam ser visitados

Desde que assumiu a presidência, Bolsonaro mostrou preferência ideológica em suas visitas internacionais. As visitas aos EUA, Israel e Chile, mostraram que seu discurso de campanha para a política externa tomou forma.

Em 2018, segundo números do governo, os Estados Unidos foram o 2º maior comprador de produtos do Brasil, enquanto o Chile ficou em 6º no quesito. Já Israel foi o 74º país na lista, atrás de países como Cuba e Venezuela.

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, durante encontro com o presidente dos EUA, Donald Trump, na Casa Branca, em Washington (EUA) - Sputnik Brasil
Quem aceita Bolsonaro? Malquisto em Nova York, presidente brasileiro planeja ida ao Texas
Em termos comerciais, mesmo Chile e Estados Unidos poderiam ter ficado para depois, uma vez que o principal parceiro brasileiro na região em 2018 foi a Argentina, enquanto no mundo, foi a China.

Apesar de queda em relação ao ano anterior, as exportações do Brasil para Argentina foram quase 3 vezes maiores do que os negócios fechados com o Chile ao longo de 2018.

O caso da China também é representativo. No ano passado o país foi o principal destino das exportações brasileiras, somando o dobro da exportação para os Estados Unidos. As críticas aos chineses durante a campanha de Bolsonaro tiveram que ser remediadas com declarações nos primeiros meses do ano, além de um encontro com o embaixador da China no Brasil. Uma possível visita ao país asiático ainda é uma especulação.

© ReproduçãoO embaixador da China no Brasil, Li Jinzhang (à esquerda) e o presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro (à direita).
O embaixador da China no Brasil, Li Jinzhang (à esquerda) e o presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro (à direita). - Sputnik Brasil
O embaixador da China no Brasil, Li Jinzhang (à esquerda) e o presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro (à direita).

Já o caso de Israel é o que mais evidencia a preferência ideológica nas viagens internacionais do presidente brasileiro. A aproximação com o país — em especial as intenções de mudar a embaixada brasileira de Tel Aviv para Jerusalém — gerou ruídos com parceiros comerciais importantes do Brasil no mundo Árabe, como é o caso do Egito. Em março, após reunião com representantes da comunidade Árabe no Brasil, surgiram rumores de que o presidente brasileiro poderia visitar algum país da Liga Árabe até o final do ano, mas por enquanto nada foi anunciado. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала