Soldado britânico teria sido pisoteado até a morte por elefante no Malawi

© Sputnik / Fayed El-Geziry / Abrir o banco de imagensElefante na reserva nacional Masai Mara, no Quênia (imagem referencial)
Elefante na reserva nacional Masai Mara, no Quênia (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O soldado Mathew Talbot, originário da cidade britânica de Birmingham, morreu tragicamente em operações de luta contra a caça furtiva no Malawi, segundo o Ministério da Defesa do Reino Unido.

"É com grande tristeza que o Ministério da Defesa [britânico] confirma a morte do guarda Mathew Talbot do 1º Batalhão de Guardas de Coldstream no Malawi no domingo, dia 5 de maio de 2019. Ele foi destacado como parte de uma operação de contra-ataque", escreve o órgão público no Twitter.

​Acredita-se que o jovem de 23 anos tenha sido pisoteado por um animal em uma reserva natural, informou Mirror.

"Acredite ou não, os elefantes, considerando o seu tamanho, podem ser incrivelmente silenciosos ao caminhar e é perfeitamente possível que as duas partes de repente tenham se encontrado", disse uma fonte ao tabloide britânico.

Nos últimos anos, tropas britânicas foram destacadas para o Malawi para treinar os guardas-florestais locais a fim de defender a vida selvagem local dos caçadores furtivos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала